segunda-feira, 27 de junho de 2011

Rosa



pode parecer brisa minha
Mas o sonho se inciava em uma tarde comum.
Estava chovendo muito.
E eu estava em um ponto de ônibus comum.
Lembro-me de uma pessoa ter sentado ao meu lado para esperar o ônibus
Mas o ônibus não vinha
Era algo muito desconcertante pq eu não sabia o que fazer
Estava chovendo muito e aquela pessoa aparentava, estar triste.
Eu desejava muito falar com ela, conhece-la.
Mas seria estranho pos nunca a tinha visto na minha vida
E provavelmente ela iria me iguinorar.
Ficamos ali um bom tempo sem dizer nada.
E realmente o ônibus não vinha.
Ja estava me deixando preoculpado, que horas eu chegaria em casa?
Até que ela como de subto olhou pra mim e perguntou "O porque do tempo ser tão traisoeiro"
Eu não entendia nada do que ela estava dizendo, imaginei que falava do tempo em horas e não do clima.
Realmente tinha me pegado de surpresa.
Resolvi então dizer a primeira coisa que veio na minha cabeça.
"para nos envelhecer".
Acreditei que aquela piada sem um pingo de graça a faria sorrir, com aquilo e amenizar o sofrimento dela.
Mas nada aconteceu, ela voltou a olhar para frente, o ônibus chegou, e ela deixou cair uma rosa( a rosa azul )
Entrou no ônibus e sentou-se na janela, olhou pra mim do lado de fora que tinha me agachado pra pegar a rosa.
E foi embora.
Perquisei o porque da rosa ser azul e não vermelha.
Dai o siguinificado deixou tudo claro, ou parcialmente claro
A rosa azul siguinifica amor verdadeiro.
Algo que nunca acaba e eh cincero.
Talvez seja isso, que o sonho queria dizer.
Um amor cincero e puro diante de todas as coisas
Até mesmo diante do tempo.